Como evitar a Inadimplência na sua Escola.

Um dos principais problemas que as escolas de todo o Brasil enfrentam, com toda a certeza, é a inadimplência escolar.

As escolas particulares, apesar de serem centros ou instituições de ensino, também são negócios que precisam ter lucro para continuarem a existir e a oferecer ensino de qualidade aos alunos.

Se não há o pagamento de mensalidades escolares por parte dos pais ou responsáveis pelos alunos, então a escola tende a sofrer com sérios problemas pela falta de recursos.

Mas qual é a porcentagem de inadimplência em escolas e colégios aqui no Brasil? Quais são as principais causas que levam a esse problema? Quais são as principais dicas para poder solucioná-lo?

Pensando em tudo isso, resolvemos trazer aqui esse artigo contendo as principais informações a respeito de como evitar a inadimplência na sua escola.

Quer saber tudo sobre o assunto? Então não deixe de acompanhar esse texto até o final!

Números da inadimplência escolar no Brasil

Em 2018, as escolas brasileiras tiveram um grande número em termos de inadimplência, o que é um dado muito preocupante.

Quando ocorrem períodos de crise, os pais tendem a dar prioridade para outras dívidas, acabando por atrasar as mensalidades da escola.

Pulando para o ano de 2020, a inadimplência nas escolas particulares brasileiras é de uma média de 20%, dados anteriores à crise do coronavírus.

Com toda a certeza, os números serão bem piores para o resto do ano, levando em consideração que a crise gerada na economia por conta da pandemia irá levar muitos pais e responsáveis a deixarem de pagar as escolas.

Quais são as principais causas da inadimplência?

Por falar nisso, fica a dúvida: quais são os principais fatores que levam os pais ou os responsáveis a deixarem de realizar o pagamento das mensalidades das escolas?

Podem ser muitos os motivos que levam as pessoas a deixarem de honrar seus compromissos financeiros, principalmente em épocas de crise econômica.

No caso da falta de pagamento da mensalidade por parte dos pais ou responsáveis, algumas das causas são:

  • Falta de dinheiro
  • Dívidas excessivas, fazendo com que se priorize algumas contas ao invés de outras
  • Perda do emprego
  • Não teve tempo para efetuar o pagamento ou se esqueceu

Ou seja, muitas vezes o que ocorre é um problema em termos financeiros, o que significa que os responsáveis pelo pagamento da mensalidade estavam sem dinheiro para fazê-lo.

Seja qual for a causa da inadimplência, porque esqueceu, porque faltou dinheiro ou simplesmente por falta de compromisso, o fato é que a escola precisa atuar para evitar esse problema.

O não pagamento das mensalidades causa um grande problema para:

  • A instituição, que não pode pagar ou contratar novos profissionais e não pode investir nela própria para crescer
  • Aos profissionais, que ficam sem receber o salário a que tem direito pela falta de recursos da instituição.
  • Aos próprios alunos, que ficam prejudicados contando com um ensino com déficit e sem ter inovações em termos de materiais e instalações.

Sendo assim, no próximo tópico você conhecerá algumas dicas importantes que irão ajudá-lo a entender como é possível evitar a falta de pagamento das mensalidades na sua escola.

Dicas para evitar a inadimplência na sua escola

Utilize canais de comunicação distintos

Essa é a melhor forma de enviar o lembrete de pagamento aos pais, garantindo que os mesmos irão recebê-lo e, mais importante do que tudo, irão visualizá-lo.

Alguns pais preferem receber o boleto via e-mail, enquanto outros já dão preferência ao próprio Whatsapp, sendo essa uma forma mais direta de envio e recebimento.

Seja como for, ter canais de comunicação distintos é a melhor forma de estar lembrando os pais ou os responsáveis sobre o vencimento da mensalidade e evitando que aqueles esquecidos deixem de fazer o pagamento.

Aceite formas diversas de pagamentos

O pagamento em espécie ainda é a forma mais comum que a maior parte das escolas utiliza para que os pais façam o pagamento da mensalidade.

No caso daquelas pessoas que naquele determinado mês estão sem dinheiro, o risco de a instituição não receber o pagamento devido é grande.

Por isso, torna-se importante que você amplie as formas de pagamento aceitas, pois ajuda os pais a ajustarem-se melhor e a planejarem-se para realizar o pagamento em dia.

Hoje é importante que as instituições aceitem pagamentos em débito e em crédito, o que é uma ótima opção para evitar a falta de pagamento pontual por falta de dinheiro.

Ter boletos que aceitam o pagamento depois do vencimento, cobrando os juros e as multas pelo período de atraso, também são opções para garantir a maior chance de os pais pagarem todos os meses.

Incentive aqueles que pagam sempre em dia

Uma dica para evitar que os pais tornem-se inadimplentes e que venham a sempre honrar com o compromisso do pagamento da mensalidade é incentivá-los com alguns agrados.

Um exemplo é dar descontos para os que fazem o pagamento da mensalidade até o dia do vencimento, o que é uma forma de evitar que os responsáveis tornem-se inadimplentes.

Outra dica que pode fazer toda a diferença é criar descontos progressivos na próxima matrícula para aqueles que pagam em dia ou mesmo que antecipam mensalidades de outro mês.

Você pode também oferecer cupons para sorteios de materiais escolares, como livros ou uniformes, ou até em cursos, para quem está sempre em dia com a instituição.

Com toda a certeza, você irá perceber como colocar isso em prática reduzirá bastante a inadimplência na sua escola!

Conclusão

Como você viu, a falta de pagamento das mensalidades é um dos grandes problemas que a escolas brasileiras enfrentam, o que desencadeia uma série de outros prejuízos, como falta de pagamento de funcionários.

Neste texto, mostramos a você quais são as principais causas que levam os pais a tornarem-se inadimplentes com a escola dos filhos e demos dicas preciosas que irão ajudar a evitar esse tipo de problema na sua instituição de ensino.

Gostou do artigo sobre como evitar a inadimplência na sua escola?

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que possamos ajudá-lo.

Artigos Relacionados

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments